segunda-feira, 1 de novembro de 2010

São Borja é uma das temáticas da XII Jornada internacional sobre Missões Jesuíticas.



O evento acontece em Buenos Aires, e começou no último dia 23, com extensa programação e vai até hoje 26, ocorre anualmente em países diferentes e reúne as maiores personalidades do estudo da história jesuítica missioneira mundial.

A Jornada conta com pesquisadores de renome no cenário mundial, como: Dr. Bartomeu Meliá, um dos maiores estudioso da língua Guarani, Dr. Arno Alvarez Kern, sumidade em arqueologia no Brasil, Yoshimi Orii, Japonês que estuda a influência Japonesa na cultura missioneira, Claudete Boff, escritora e estudiosa da arte Jesuítica Missioneira. Darko Sustersic, grande estudioso da obra de Giosepp Brasaneli, Luiz Antonio Bolcato Custódio, historiador e pesquisador do IPHAN, atualmente faz pesquisas em torno dos retábulos (Altares) missioneiros, Martín Morales, Guillermo Wilde y Eduardo Neumann, entre outros.

Os Simpósios temáticos ocorrem geralmente pelas tardes no Convento Mercedario, durante as manhãs os participantes debatem os assuntos em mesas redondas.  Alguns trabalhos em destaque:

Vladimir Fernando Stello y Matilde Villegas: “El paisaje cultual de la región de las Misiones, Río Grande do Sul, Brasil”.

Ceres Karam Brum: “Esta terra tem dono´. Representações do passado missioneiro no Rio Grande do Sul. O mito de Sepé Tiaraju

Roselene Moreira Gomes Pommer: “Missioneirismo: a produção de uma identidade regional”.

Raquel Machado Rech: “Investigação Geofísica com Georadar nas pesquisas arqueológicas da reducto jesuítica de Santo Angelo Custódio (RS, Brasil)”.

Julio Ricardo Quevedo dos Santos: “Romaria do Caaró: memória e identidade”.

Rodrigo Maurer: “Redução de San Francisco de Borja: a expressão da função política da Companhia de Jesus a leste do Rio Uruguay”.

Este último do acadêmico do curso de história da URCAMP, Rodrigo Ferreira Maurer, Prof. Biju como é mais conhecido, trata da importância  de São Francisco de Borja, frente aos demais povos, aborda uma ampla discussão sobre a data de fundação de São Borja e vai ser debatido por todos estes pesquisadores, em busca de nossas origens.

Matéria Publicada no Jornal Alternativo 2008.

Nenhum comentário:

Postar um comentário